sexta-feira, 11 de abril de 2014

Hora da Verdade

Hora da Verdade




Tópico: Crescimento Espiritual
 
Uma pessoa não pode começar a atingir um objetivo se ele não sabe onde ele está atualmente. Como você pode olhar para um mapa e chegar a Chicago, se você não sabe se você está em Nova York ou em Denver? Que direção você toma, leste ou oeste? Devemos, portanto, saber onde estamos, a fim de saber para onde estamos indo.
 
Será que criamos nós mesmos? Quem nos criou e com que finalidade? Tais questões básicas nos permitem saber onde estamos. A maioria das pessoas nunca fazem essas perguntas, portanto, eles estão completamente perdidos. Como podemos saber o caminho para prosseguir, se não sabemos o que estamos fazendo aqui na terra?

Como as pessoas estão desligadas ou totalmente fora de contato com a verdade, ainda que teimosamente persistem em fazer o que bem entenderem, eles permanecem infelizes e insatisfeitos. Eles estão constantemente à procura de entretenimento ou passatempos para preencher seu vazio na vida.

Olhe para aqueles que a sociedade moderna considera como o auge do sucesso. Quantas pessoas extremamente ricas e famosas acabaram em consultórios psiquiatras ou como candidatos suicidas? O que o bom de se tornar um físico nuclear ou um neurocirurgião se você não pode passar o dia sem um gin e tônica ou se você sempre anseiam por mais dinheiro, mais fama, e uma mulher que não seja sua esposa? Apesar de graus académicos avançados, torpeza moral permanece torpeza moral.
 
Emuná é praticamente a única ferramenta em que podemos estabelecer quem somos, onde estamos, e para onde estamos indo. Um princípio fundamental da emuná é que o Criador tem um propósito específico para cada criação. Esclarecer a verdade, eu cheguei à conclusão de que eu não criei a mim mesmo; portanto, eu não posso saber por eu próprio o que é melhor para mim. Uma vez que eu reconheço que Hashem me criou, agora estou preparado para buscar seu propósito em criar-me.
 
Simplesmente falando, se há um Mestre Criador, então Eu sou uma criação. E, se Eu sou uma de Suas criações, então Ele tem um propósito expresso em criar-me. Este propósito é o meu verdadeiro propósito na vida.

Rebe Nachman ensina (Likutei Moharan II: 10) que a maior parte do mundo está longe da verdade, porque eles não conseguem compor-se adequadamente. O mais importante, uma pessoa deve-se perguntar a si mesmo: "Qual é o objetivo de todos os meus apetites, desejos e prazeres mundanos?"

A auto-compostura nos permite olhar para o verdadeiro propósito de tudo, principalmente, o que vai resultar de nossos esforços atuais. Será que estamos no caminho certo, ou não? A auto-compostura nos salva de aprender a verdade de uma forma longa e difícil, e, finalmente, amarga.

Alguém se poupa incontável angústia por passar uma hora por dia no esclarecimento da verdade e da auto-avaliação. Isto lhe daria a auto-compostura para tomar as decisões corretas com mínimos erros ao longo do caminho.
 
Apenas Uma Verdade

Assim que uma pessoa olha para a sua verdade, ele não será capaz de encontrar a verdade absoluta. Por exemplo, se uma pessoa se considera com direito a algo que não pertence a ele, ele vai fazer de tudo para alcançar aquela coisa, até matar ou roubar. De acordo com a "sua" verdade, ele está indo bem. Mas, de acordo com a verdade de D'us - a verdade absoluta - ele é um assassino ou um ladrão. Uma rosa é uma rosa, mesmo que alguém chamá-la de uma tulipa ou um amor-perfeito.
 
Devemos, portanto, estabelecer o que é absolutamente verdadeiro, a fim de alcançar a satisfação genuína e paz interior. Perseguindo a própria verdade, significa simplesmente perpetuar os próprios desejos e apetites pessoais. Há tanta discórdia no mundo, porque todo mundo está buscando a sua verdade "própria", sem objetivamente tentar estabelecer o que é a verdade absoluta. Todas essas "verdades" não são nada além de mentiras. O pré-requisito para encontrar a verdade absoluta é primeiro decidir parar de viver a mentira de uma verdade "própria" e parar de enganar a si mesmo.

Ninguém no mundo é capaz de depender de sua verdade "própria", mesmo o mais brilhante dos indivíduos. Os seus impulsos corporais e apetites são tão fortes que eles mancham a verdade. Vemos isso diariamente: quantas pessoas com pressão arterial elevada continuam a comer alimentos salgados? Quantas pessoas com excesso de peso continuarm a pôr em perigo a sua saúde, entregando-se a comer em excesso? Pergunte-lhes se eles querem um ataque cardíaco e eles vão responder enfaticamente: "não!" No entanto, eles continuam a fazer dano a si mesmos, em vez de primeiro estabelecer a verdade e viver suas vidas corretamente.

Seu julgamento é obscurecido por considerações subjetivas, especialmente paixões corporais. Seus desejos e apetites torna sua "verdade" que rege a forma como eles vivem suas vidas. É um espanto que tantas pessoas são insalubres e infelizes?

Se alguém realmente quer quebrar o ciclo vicioso de auto-engano, então ele deve tentar olhar para o Criador e para a Sua verdade ao invés de permanecerem atolados em sua"própria" verdade. É hora da verdade.
 
Por: Rabino Shalom Arush.

Breslev Israel

*Traduzido em Inglês por: Rabi Lazer Brody
*Traduzido em Português por: Gilson Sasson
*Artigo originalmente publicado em Breslev Israel (http://www.breslev.co.il). Publicado em Jornal Mitsvá com a permissão de Breslev Israel.
*As Fotografias são utilizadas com a permissão de Breslev Israel e retiradas do site Shutterstock.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Carta para o Céu




S-nhor, como feliz e bem eu estou com a Sua Torá, guia-me meus passos para Ti.

Para cada um dos seres humanos que eu estou interligado... Eu peço desculpas, por favor me perdoe, obrigado,  eu amo vocês!

HaShem faça a Luz de Torá brilhar no interior de nossos corações, trazendo a cura, a paz, o amor e união perfeita com o nosso Criador.

Shalom,
Gilson Rodrigues de Arruda
(do Jornal Mitsvá)

segunda-feira, 7 de abril de 2014

JORNAL MITSVÁ #2 em formato papel





BH

JORNAL MITSVÁ #2 em formato impresso está publicado! 

Adquira a sua cópia.

Este exemplar contém matérias de Torá Cabalá, e uma matéria sobre as Sete Leis Noéticas.  Os artigos são escritos pelos seguintes Rabinos: R’ Tal Moshe Zwecker, R’ David-Yitzhak Trauttman, R’Avraham Greenbaum, R’ Perets Auerbach, R’ Ozer Bergman, HaRav Ariel Bar Tzadok, Rav Nissan Dovid Kivak , R’ Avraham Arieh Trugman, Dr. Michael Schulman e Tzaddik Magazine

O Jornal Mitsvá#2 têm 10 páginas A4, escrito em Português. Limitado em 100 exemplares.
 
Os artigos são baseados nos ensinamentos de Rebe Nachman de Breslov, Rebbe Reb Elimelech de Lizhensk, R’ Moshe Chaim Luzzatto, e Rav Shneur Zalman de Liadi, de abençoada memória.

É gratuito, o que você precisa fazer é apenas nos informar o seu endereço postal, e mandaremos um exemplar sem nenhum custo.

Mande-nos uma mensagem com as informações de sua residência para este Email por favor: journalmitzvah @ gmail.com
 
Nome completo:
Rua:           , nº
Bairro:
Cidade:
Estado:
CEP:

(Seu endereço de contato postal não será utilizado para fins de propaganda ou utilizado para outros fins, nós usaremos apenas para enviar o exemplar do Jornal Mitsvá#2 para você, se D'us quiser).

Shalom!

Gilson (editor)
Jornal Mitsvá
Gilson Rodrigues de Arruda
Caixa Postal: 251
Agência Central
Campo Grande, MS
CEP: 79002-970

quinta-feira, 3 de abril de 2014

A Cura do Tsadik - Somente de Acordo para o Poder Para Suportar De Uma Pessoa!





Rabeinu traz: "Às vezes, a doença assim prevalece até que a pessoa doente não pode suportar a amargura dos medicamentos. Em seguida, os médicos levam suas mãos para trás e desistem dele. Assim, quando os pecados - que são a doença da alma, prevalece fortemente, até que não é possível suportar a amargura da cura ..." Mas o Tsadik extrai de H" tais medicamentos que o doente deve ser capaz de suportar. Como Rabeinu continua lá: "Isto é que Chezkiyahu elogia H" que Ele jogou todos os seus pecados sob o seu ombro ... Porque Tu sabe que Eu não tenho o poder de suportar a amargura de acordo com os meus pecados. E Tu jogou todos os meus pecados para traz de sua costa"... O que significa dizer, que Tu trouxe a cura que Eu sou capaz de suportar.

Esta é uma incrível e maravilhosa devoção. Isso requer perfeita. É preciso acreditar que tudo o que acontece comigo, tudo o que passa por cima de mim (vus mit mir kecht zich) Eu tenho a capacidade de suportar. - - -

Extraído do livro: Palavras de Fé de Rav, o Devotado Rebbi Levy Yitschak Bender Z”TsL.